PPEI2021-11-23T18:26:54-03:00

Programa Prioritário de Empreendedorismo Inovador

Ajudamos empresas da Amazônia Ocidental a gerarem novos negócios com o recurso de P,D&I da Lei de Informática

Participe

O que é o PPEI?

Por meio do Programa Prioritário de Empreendedorismo Inovador – PPEI, as empresas da Zona Franca de Manaus e Amazônia Ocidental podem impulsionar a Inovação dentro de suas organizações, investindo em novos negócios e cumprindo, de maneira eficaz e segura, com as obrigações legais de P,D&I da Lei de Informática.

Quero Investir
Quero Receber Investimento

As Fases do PPEI

Entenda de forma simples e prática como participar do Programa Prioritário de Empreendedorismo Inovador – PPEI

Saiba mais sobre o PPEI

1.

SUBMISSÃO DE PROJETOS

Nesta fase, é avaliado o negócio em si, considerando aspectos mercadológicos e de inovação, e também, considerando se a startup/projeto possui capacidade técnica e de negócios para conduzir e/ou orientar as atividades de execução do escopo de trabalho a ser realizado como projeto prioritário.

2.

APORTE FINANCEIRO

Nesta fase, ocorre a aplicação do investimento P,D&I no Programa Prioritário de Empreendedorismo Inovador. A indústria investidora sinaliza em qual segmento quer aportar seus recursos e seus interesses em participação societária.

3.

AVALIAÇÃO TÉCNICA E FINANCEIRA

Após o startup/projeto ser aprovado na Fase 1 e ter recebido o aporte,  encaminhamos a proposta para Fase 3  na qual é avaliado o enquadramento legal do projeto prioritário, levando em consideração todos os requisitos elencados nas legislações de programas prioritários e capitalização de startups e a avaliação do escopo financeiro do projeto, adequando as rubricas solicitadas pela Lei de Informática da Amazônia Ocidental e Amapá, também avaliado se o projeto foi construído em etapas e atividades de entregas mensais, com a finalidade de prover as informações necessárias para as prestações de contas.

4.

ANÁLISE DO PUR

Nesta fase, é consolidado o PUR (Plano de Utilização de Recursos), sendo adicionadas as informações de cada etapa.

5.

FORMALIZAÇÃO

Após aprovação da SUFRAMA iniciamos a formalização através de um convênio.

Para Empresas

Fomente a Inovação dentro da sua empresa, investindo em novos negócios e cumprindo, de maneira eficaz e segura, com as obrigações legais de P,D&I da Lei de Informática.

Quero Investir

OS BENEFÍCIOS DE INVESTIR COM A GENTE:

Para Startups

Desenvolva seus projetos com a gente e conte com capacitação, acompanhamento e investimento para geração do seu negócio.

TEMPLATES PARA SUBMISSÃO DA SUA PROPOSTA:

Modelo Pitch
Modelo One Page
Modelo Plano de Trabalho
Modelo Plano Desenvolvimento de Negócios
Quero Receber Investimento

EDITAIS

Acesse aqui

TRANSPARÊNCIA

Acesse aqui

Perguntas Frequentes

Tenho apenas uma ideia, posso submeter minha proposta no PPEI?2021-11-10T16:09:39-03:00

Sim, desde que preencha todos os campos do formulário e anexe todas as templates solicitadas.

Minha startup ainda não tem sinalização de investimento, podemos submeter no PPEI?2021-11-10T15:52:45-03:00

Sim, após a avaliação da FASE 1, se o projeto estiver recomendado ao PPEI, há duas maneiras de buscar investimento: o projeto entra em nosso portfólio ou com resultado de análise a startup pode buscar investidores aptos a fazer o aporte no PPEI.

Quanto tempo leva para o PPEI aprovar um projeto?2021-11-10T16:37:10-03:00

Nosso processo é dividido em 5 fases:

FASE 1: Avaliação do Negócio / Inovação – 15 dias úteis
FASE 2: Aplicabilidade do Investimento – prazo estabelecido pela indústria
FASE 3: Elegibilidade Técnica do Projeto / Negócio – 20 dias úteis
FASE 4: Avaliação do Plano Financeiro de Trabalho – 10 dias úteis
FASE 5: PUR – Prazo para análise e envio à SUFRAMA: 10 dias úteis

Prazo de avaliação da SUFRAMA: determinado pela própria instituição

O que é um Plano de utilização de Recursos – PUR?2021-11-10T16:06:04-03:00

É o documento que descreve as ações, metas e etapas com níveis de detalhamento adequados das atividades previstas em projetos prioritários, incluindo plano de execução físico-financeira.

Como saberei se o meu projeto foi aprovado no PPEI?2021-11-10T16:09:10-03:00

Após a submissão, o projeto passa pela avaliação da FASE 1 e em seguida recebe um resultado de análise via e-mail, tendo quatro opções como resposta:

  • Recomendado ao PPEI
  • Recomendado ao PPEI, com ressalvas 
  • Não Recomendado ao PPEI
  • Projeto/ Startup não atingiu pontuação mínima para enquadrabilidade
Quais tipos de instituição executora pode atuar no PPEI?2021-11-10T16:12:19-03:00

ICT, incubadora, aceleradora, fundação de apoio, entidade brasileira de ensino oficial credenciadas pelo CAPDA ou empresa nascente de base tecnológica com sede ou filial na Amazônia Ocidental ou Amapá.

Quais são as modalidades de execução no PPEI?2021-11-10T16:13:31-03:00
  • STARTUP COMO EXECUTORA
    Sendo responsável pela execução total do projeto prioritário, utilizando o estabelecido no art. 19 Parágrafo Único da Resolução n.02/2020
  • STARTUP COMO CO EXECUTORA
    Utilizando uma ICT, Incubadora, aceleradora ou fundação de apoio como responsável pela execução em parte do projeto prioritário.
  • STARTUP COMO NÃO EXECUTORA
    Fazem parte do projeto prioritário, mas não executam em parte ou na totalidade o projeto prioritário, devido a este fato, não recebem recursos financeiros para este fim.
Como é feita a comprovação de execução técnica dos projetos?2021-11-10T16:14:08-03:00

Após aprovação, os projetos são acompanhados mensalmente, através da plataforma Airtable, o empreendedor envia relatórios e anexos que comprovem a execução das metas. 

Como é realizado o acompanhamento dos projetos?2021-11-10T16:15:37-03:00

A Softex faz acompanhamento mensal através de relatórios e comprovantes e periodicamente faz visitas técnicas presenciais.

 

Qual tipo de metas devem constar no PUR?2021-11-10T16:16:54-03:00
  • Metas de desenvolvimento: descrição dos objetivos geral e específicos de cada etapa do desenvolvimento tecnológico, metodologia, justificativa, resultados esperados.
  • Metas de negócio: Descrição das etapas que mostram onde a startup quer chegar e quando isso deve acontecer durante a execução no PPEI
Qual porcentagem a Softex Amazônia cobra para coordenar um projeto prioritário?2021-11-22T13:09:26-03:00

A Softex Amazônia cobra 10% (dez por cento) do valor global do projeto*.

O que são custos incorridos?2021-11-22T13:10:00-03:00

Entende por custos incorridos as despesas que não estão relacionadas nas rubricas no decreto 10.521/2020, sendo elas de natureza operacional e administrativa.

 

Durante a execução do projeto pode acontecer de alterar as rubricas?2021-11-22T13:13:16-03:00

Em caso de remanejamento de rubrica deverá ser enviado um ofício à coordenadora, estando em anexo um relatório com as devidas justificativas, a SOFTEX analisará se é possível a alteração.

 

Como podem ser utilizados os rendimentos que ocorrem durante a execução de um projeto?2021-11-10T16:23:16-03:00

Os rendimentos das aplicações financeiras somente poderão ser utilizados no objeto do projeto prioritário, ficando sujeitos às mesmas regras de utilização dos recursos depositados pelas empresas investidoras e às mesmas condições de prestação de contas.

 

O que é um projeto prioritário?2021-11-10T16:24:03-03:00

É um conjunto de projetos voltados ao desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação considerado pelo Comitê das Atividades de Pesquisa e Desenvolvimento na Amazônia – CAPDA de grande relevância para o desenvolvimento regional.

Não moro no Amazonas, posso executar um projeto no PPEI?2021-11-10T16:27:08-03:00

Para executar no Programa Prioritário de Empreendedorismo Inovador a equipe deve residir nos estados da Amazônia Ocidental ( Amazonas, Acre, Amapá, Rondônia e Roraima).

Minha startup tem mais de cinco anos, posso submeter um projeto no PPEI?2021-11-10T16:31:12-03:00

Não, de acordo com a Resolução CAPDA 02/2020, empresa nascente de base tecnológica só podem atuar no Programa Prioritário com tempo de constituição inferior a 5 anos.

 

Minha startup já recebeu recursos através de outro programa prioritário, posso submeter no PPEI?2021-11-10T16:31:45-03:00

É vedado que um projeto prioritário aloque recursos em empresa nascente de base tecnológica que receba aporte de recursos regulamentados pela Portaria no 2.145, de 2018, do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e da Suframa.

Como é feita a comprovação de aporte junto a SUFRAMA?2021-11-10T16:32:37-03:00

As empresas investidoras que optarem ou forem obrigadas a aportar recursos financeiros nos programas prioritários deverão indicar em qual ou quais programas prioritários deseja aportar recursos e remeter à Suframa comprovante de depósito em conta identificada junto ao Relatório Demonstrativo, nos termos das normas aplicáveis.

A Softex emite nota fiscal de aporte?2021-11-10T16:32:59-03:00

Por meio do PPEI as empresas beneficiadas pela Lei de Informática na Zona Franca de Manaus e na Amazônia Ocidental poderão quitar de forma segura e sem complicações a obrigação legal de investir um percentual de seu faturamento bruto em P&D.

Como coordenadora do PPEI – Programa Prioritário de Empreendedorismo Inovador – a Softex não presta nenhum dos serviços descritos na LC no 116/03 para as empresas beneficiárias da Lei de Informática na Zona Franca de Manaus e na Amazônia Ocidental, por este motivo, está impedida de emitir nota fiscal de serviço para acobertar o aporte financeiro destas empresas neste programa prioritário.

O recibo é o documento fiscal idôneo a ser emitido pela Softex para acobertar o depósito no âmbito do PPEI.

Como é feita a escolha dos projetos que a investidora aporta?2021-11-10T16:33:24-03:00

Em consenso com a instituição coordenadora, a empresa investidora pode alocar recursos superiores a R$ 100.000,00 (cem mil reais) em quaisquer projetos do programa prioritário cujos PUR correspondentes já tenham sido aprovados, devendo manifestar sua escolha no prazo máximo de noventa dias, contados do depósito na conta corrente da instituição coordenadora, que terá autonomia para alocar o recurso caso a empresa investidora não o faça no prazo estabelecido.

Como a investidora faz a destinação a um projeto específico?2021-11-10T16:33:49-03:00

Através do documento lógica de parceria a empresa investidora descreve que têm  interesse para aplicação dos recursos no projeto, e preenche informações de qual é a origem do recurso e  o NCM (Nomenclatura Comum Mercosul) do(s) produto(s) e/ou componente(s) que gerou a obrigação do P&D. 

Como ocorre a liberação do aporte financeiro?2021-11-22T13:17:08-03:00

Ocorre de forma mensal após a avaliação da prestação de contas técnica e financeira, caso tenha alguma pendência será avaliado caso a caso. 

Qual o limite da primeira parcela?2021-11-22T13:15:54-03:00

A primeira parcela tem o limite de 20% sob o valor aprovado para a execução do projeto. 

Quanto tempo a Softex demora para avaliar uma prestação de contas financeira?2021-11-22T13:16:39-03:00

Após a finalização a softex tem até 7 dias úteis para avaliar, devendo ela acatar ou indicar as pendências.

Receba nossa Newsletter

Agradecemos o seu interesse!
Ocorreu um erro ao tentar enviar sua mensagem. Por favor, tente novamente mais tarde.

Precisa de ajuda? Fale conosco aqui

Ir ao Topo